Instalando Beryl ou Compiz Fusion no Ubuntu Feisty: problemas ?

Cada vez mais vejo proliferarem pela internet guias como esse, ensinando como instalar facilmente no Feisty o Beryl ou o Compiz Fusion.

Acho interessante mostrar ao usuário iniciante que é fácil instalar aqueles efeitos maravilhosos no desktop, mas na minha opinião falta uma coisa: explicar que isso não basta. Pra que tudo funcione como anunciado, há pré-requisitos a serem atendidos – enquanto os posts dão a entender que um único comando é suficiente: um quase irresistível copiar-e-colar e uma senha, e basta.

Senhor Ubunteiro, não é simples assim.

Primeiro: Tenha a aceleração 3D da sua placa de vídeo funcionando (o procedimento varia de acordo com sua placa de vídeo, e nem todas suportam esse recurso – pelo que leio, recomendo uma nvidia ou intel)

Segundo: Prepare o seu xorg.conf para receber o Beryl ou o Compiz Fusion. Há uma pequena série de alterações a serem feitas. Que eu saiba, não existe solução padrão, ou solução-modelo. Eu não sou mestre no assunto, por isso recomendo procurar posts mais completo. De um modo geral, aprendi que os posts sobre a instalação do beryl no Ubuntu Edgy fornecem bons elementos para a configuração do Xorg.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Deskmod, Linux, Ubuntu

4 Comentários em “Instalando Beryl ou Compiz Fusion no Ubuntu Feisty: problemas ?”

  1. J. F. Mitre Says:

    Você quis dizer nvidia ou ati, não ?

    Eu nunca vi uma placa intel funcionar adequadamente com aceleração 3D, mesmo em modelos de última geração. Posso até estar enganado quanto ao nunca, mas certamente não são todas.

  2. BRunner Says:

    Mitre,
    realmente eu não tenho uma placa intel pra saber.
    Mas leio muito que o pessoal faz beryl e compiz rodar nelas, então presumi – possivelmente daí meu engano – que tivessem aceleração 3d pra suportar os efeitos.
    Perdoe a falta, vou verificar e corrigir o post, se for o caso

  3. Área Livre Says:

    A discussão pode ficar interessante…

    Diga a um inciante: “Prepare o seu xorg.conf para receber o Beryl ou o Compiz Fusion”. Observe a reação (se houver alguma).

    Em princípio, o apt-get resolve. Se não resolver, não adianta explicar para leigo. É um erro muito maior fazê-lo editar o xorg.conf. Você não acha?

    Usamos o apt-get em placas ATI Radeon (inclusive uma 3200 – antiga), Intel (notebooks da Acer) e Nvidia foi tranqüilo. Certamente algumas apresentarão variações e/ou anomalias: Lá vamos para o xorg.conf. Mas poupe o iniciante das micragens delphianas.

    Afirmo ainda que, se existe o desejo da crítica, que haja uma proposta alternativa. Isto dá crédito à opinião fornecida.

    Saudações Livres,

  4. Spencer Says:

    Na Real oque vemos hoje na internet?! Ubuntu maravilhoso cheio de coisas maravilhosas em seu desktop…tipo cubo que gira pra lá e pra cá…paginas que enrolam, viram até aviãozinho etc…mas ae que esta a grande e errada propaganda!!! videos no youtube e um bando de lammerś proliferando que o sistema é de hackerś e que vc invade tudo e todos…topicos e mais topicos…” abre o console e digite…blá blá blá) ferram o sistema do garoto e ae?! ahhh!! o linux não presta…volta pro XP…Vista. deveriamos nós “Usúarios do Linux” parar com essa mania de postar comandos sem ao menos tê-los executados em nossos proprios pc…desculpa-me as palavras, somos livres e a intenção seria resgatar os escravos da M.S de forma em que vem a acreditar que a libertade é agora!!!
    saudações.
    spencer


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: